É todo aquele que quer fazer da palavra "CUIDAR" o seu verdadeiro sentido de vida. Este Blog é nosso!
Segunda-feira, 14 de Maio de 2007

        
 

 
Doença de Parkinson é uma doença neurológica progressiva que afecta os centros cerebrais responsáveis pelo controle e regulação do movimento.
 
 
1.     Bradicinesia (movimentos mais lentos), perda dos movimentos espontâneos.
2.      Tremor em repouso.
3.      Rigidez no desempenho de todos os movimentos.
4.      Insónias, salivação, sudorese, hipotensão ortostática.
5.      Depressão, demência.
6.      Face do tipo “máscara”.
 
 
1.      Demência.
2.      Aspiração.
3.      Lesão por quedas.
 
 
A.    Posição corporal alterada devido à rigidez e tremor.
B.     Ingestão nutricional alterada, devido às dificuldades motoras com alimentação, mastigação e deglutição.
C.    Obstipação devida à imobilidade e à ingestão nutricional deficiente.
D.    Incontinência fecal
E.     Discurso lentificado devido ao comprometimento dos músculos faciais.
F.     Espasticidade devida às alterações motoras.
G.    Precaução de segurança: Traumatismos
H.    Risco de infecção urinária
I.      Autocuidado comprometido
 
 
A.    Posição corporal alterada.
1.      Motivar o exercício físico.
2.      Promover o alinhamento corporal.
B.     Ingestão nutricional alterada.
1.      Providenciar dieta rica em vitaminas
2.      Motivar hidratação adequada
3.      Cortar os alimentos
C.    Obstipação
1.      Providenciar dieta rica em fibras
2.      Motivar a hidratação
3.      Providenciar sumos de frutos
4.      Massajar o abdómen
5.      Promover a deambulação
6.      Administrar laxantes
D.    Incontinência fecal
1.      Planear/executar treino intestinal
2.      Motivar a hidratação
E.     Discurso lentificado
1.      Comunicar de forma clara, simples e objectiva
2.      Providenciar ambiente calmo
3.      Disponibilizar tempo para conversar
F.     Espasticidade
1.      Executar mobilizações passivas
2.      Motivar mobilizações activas e activas-assistidas
3.      Identificar sinais de fadiga
G.    Precaução de segurança: Traumatismos
1.      Vigiar actividades e comportamento
2.      Assistir/vigiar marcha
3.      Prevenir quedas
H.    Risco de infecção urinária
1.      Motivar a hidratação
2.      Avaliar características da urina
3.      Identificar sinais de infecção
I.      Autocuidado comprometido
1.      Motivar a realização das AVDs
2.      Assistir nas AVDs
3.      Informar a família sobre a necessidade de manter e incentivar o máximo de independência nas AVDs


mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11

13
16
18

25
26

27
29
30


últ. comentários
Olá, primeiramente quero parabenizar o blog, didát...
Existem erros graves neste post. As imagens estão ...
Ouu..Muito bom o seu blog..vs tá de parabénns
Querido colega,È uma imensa alegria ver que futuro...
lindo blog
Muito bom só faltou falar da tripartide
Em breves palavras tenho dito que, a CIPE é uma ev...
Não tem nada há ver. Científicamente não existe ne...
É possivel ter o sindrome do tunel capico sem sent...
Gostei muito do seu blog, também sou estudante.Est...
arquivos