É todo aquele que quer fazer da palavra "CUIDAR" o seu verdadeiro sentido de vida. Este Blog é nosso!
Quarta-feira, 23 de Maio de 2007

 

Sendo o uso da pastilha de nitotina, um dos métodos mais utilizados por aqueles que desejam deixar de fumar, aqui ficam alguns conselhos.

  • Lembre-se de que uma pastilha de nicotina não é uma pastilha vulgar.
  • Pegue num pedaço de pastilha e mastigue-a algumas vezes para alargar a sua estrutura. Ao mastigar, sentirá um gosto "apimentado", e nessa altura a pastilhe deve estar entre a gengiva e a bochecha. Não continue a mascar.
  • A nicotina leva uns minutos a chegar ao cérebro, pelo que os efeitos são menos intensos do que os que se obtêm com inalação do fumo.
  • Repita esta estratégia de "mascar e encostar", a intervalos, durante um total de 30 minutos.
  • A acção excessiva de mascar pode provocar libertação demasiado rápida da nicotina. Esta mistura-se com a saliva, podendo causar vertigens, náuseas e ulceração na boca e na garganta. Não é absorvida pela corrente sanguínea, nem reduz o grande desejo de fumar.
  • Não fume enquanto estiver a mascar a pastilha.

Estes conselhos em nada substituem as instruções dos folhetos informativos.

Consulte sempre um médico e evite a auto-medicação.

publicado por 100STRESS às 17:43


  1. Ajudar a pessoa a fixar uma data certa, para deixar de fumar.
  2. Informar o indivíduo das alternativas que existem, em termos de substitutos da nicotina (por ex., pastilha, discos concentrações várias, aerossóis nasais, comprimidos). Ensinar a utilização correcta, e em segurança, de tais produtos.
  3. Explorar as vantagens de um contrato de abandono do tabaco.
  4. Encorajar a pessoa a arranjar um amigo, ou a indicar alguém, com quem ele possa contactar, quando tenha grande desejo de fumar.
  5. Explorar a  eficácia da utilização regular da pastilha, rebuçados ou semelhantes, quando haja grande desejo de fumar.
  6. Evitar, nas primeiras semanas de abstinência, actividades e situações, de carácter social, onde as pessoas estejam a fumar.
  7. Restringir a ingestão de cafeína, se os sintomas predominantes forem a inquietação e a ansiedade.
  8. Incluir o exercício diário no plano de abandono do tabaco.
  9. Usar estratégias de relaxamento e técnicas de sofrologia, para controlar o grande desejo de voltar a fumar.
  10. Dar apoio, em termos regulares e entusiásticos, e encorajar os esforços feitos. Abertamente, expressar a confiança em como a pessoa vai conseguir deixar de fumar.
  11. Encorajar a pessoa a pôr de parte o "dinheiro dos cigarros" e a gastá-lo de forma compensatória pelo não fumar.
  12. Encorajar o envolvimento com apoios comunitários para deixar de fumar, quando os haja. Lembrar à família que deve mostrar-se entusiasmada com os esforços da pessoa e sempre apoiante.

 

publicado por 100STRESS às 17:14


mais sobre mim
pesquisar
 
Novembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
28
29
30


últ. comentários
Olá, primeiramente quero parabenizar o blog, didát...
Existem erros graves neste post. As imagens estão ...
Ouu..Muito bom o seu blog..vs tá de parabénns
Querido colega,È uma imensa alegria ver que futuro...
lindo blog
Muito bom só faltou falar da tripartide
Em breves palavras tenho dito que, a CIPE é uma ev...
Não tem nada há ver. Científicamente não existe ne...
É possivel ter o sindrome do tunel capico sem sent...
Gostei muito do seu blog, também sou estudante.Est...
arquivos
subscrever feeds